Skip to main content

Viagem: O melhor presente de aniversário !

Decidir o destino em cima da hora, reservar hospedagem pelo app, colocar duas ou três mudas de roupa na mochila, pegar o carro e partiu!

Até aí parece o roteiro de uma viagem comum, certo?
Só que e se for bem no dia do seu aniversário ?
Você não vai fazer uma festa ou passar com amigos?
Na verdade em seu aniversário você deve fazer o que realmente gosta. No meu caso: Viajar.

É engraçado, nesses meus 20 e poucos anos já passei meu aniversário fazendo churrasco em prédio (como bom paulista) ou melhor ainda, fechando barril de chopp na Vila Madalena. Mas chega uma hora que você vê outras prioridades, e aquela pergunta automática do tipo ” E aí, onde vai ser seu aniversário esse ano” começa a não fazer tanto sentido.
Afinal, é muito legal ter uma festa patrocinada pela RedBull mas aprender uma dica de destino com algum local feita de coração é tão melhor…


Então por que não fazer uma trip, de aniversário?

Foi o que fiz esse ano!
Consegui uma folga no trabalho sexta, e fui para o Rio de Janeiro sozinho. Sim, sem ninguém.


Algumas pessoas comentaram: “Nossa, que triste passar seu aniversário sozinho.”
Na verdade foi um dos melhores aniversários da minha vida!

Sozinho, com uma boa playlist tocando no som do carro e muita história para contar que com certeza em uma balada por mais foda que possa ser, nunca conseguiria chegar perto.

Isso quer dizer que eu prefiro viajar sozinho?

Não, bem pelo contrário, gosto de viajar com amigos.
Mas caso você sentir que existe a possibilidade da galera falar “ahh, deixa para o próximo feriado. A gente combina” Fuja. Vá sozinho mesmo afinal: Bom viajante nunca deixa a oportunidade de uma viagem passar.

É chato quando vc está em um passeio turístico, tem algum insight sobre algo, quer comentar sobre isso e não tem ninguém. As vezes até uma piada, falando “Nossa, como aquele cara parece alguém famoso. Né?”. E aí você fica sem devolutiva.
Mas ter a liberdade de poder fazer um roteiro totalmente personalizado para você e poder mudar ele do nada é incrível.
Não saber se você pegou o metrô para o lado certo e não ter ninguém para dividir a culpa vai fazer você olhar o mundo de uma forma diferente. Afinal, você têm que se virar.

Se permita viajar e conhecer novos costumes e não precisa ir muito longe não, sempre têm alguma cidade perto da sua que rola algo legal para fazer.
Ou pior, as vezes na sua própria cidade tem várias mas você nunca olhou para ela como um turista/viajante, está acomodado fazendo sempre sua rotina.

Você corre um grande risco de no final do passeio falar: Viajei,viciei

Compartilhe com seus amigos !